Social icons


O post que se segue vem carregadinho de amor. Amor servido à mesa, como um bom português gosta. Falo-vos do Pabe, um clássico de Lisboa, bem ali perto do Marquês de Pombal, que oferece uma experiência gastronómica de excelência e que sobe assim ao nº 1 no pódio dos meus restaurantes favoritos, por tudo o que nos proporciona.


Pabe - Marquês de Pombal

À chegada espera-nos um espaço que logo nos desperta curiosidade, pois temos de tocar para entrar. Logo somos recebidos por um senhor muito simpático que nos acompanha à nossa mesa, na sala dos não fumadores. À medida que vamos passando pelo espaço, a curiosidade aumenta. Um local que nos prende a cada passo que damos pela (imensa) história que ali existe. O cuidado do fine dining sente-se em todos os elementos e detalhes que compõem o ambiente: o chão alcatifado, os candeeiros, as toalhas, os guardanapos, a comida que nos chega à mesa nos clássicos carrinhos e os empregados vestidos a rigor.
Ali, ainda hoje há uma mesa que está sempre reservada até às 13h, para Francisco Pinto Balsemão e as visitas de Marcelo Rebelo de Sousa, atual presidente da República são, também elas, uma constante. E tal não foi o nosso espanto quando, na mesa atrás da nossa, lá estava ele: o Professor Marcelo, sempre com o seu ar bem disposto e descontraído.

O que torna este espaço tão especial? A história, o ambiente que nos sabe a casa, mas com um serviço com muita qualidade e o carinho que se faz sentir. São esses os segredos que conquistaram os nossos corações e o de tantos outros portugueses.






A verdadeira experiência gastronómica

A carta é da autoria do chef Luís Roque e do chef Nápoles e os pratos, esses, são tipicamente portugueses e preparados com os melhores ingredientes. Senhores e senhoras, meninos e meninas, esta é a verdadeira experiência. Uma experiência que foi acompanhada por dois senhores que têm, também eles, direito a menção aqui: o senhor Rui e o senhor Cláudio, pela maneira como nos fizeram sentir (tão) especiais.


A nossa experiência de excelência começa assim com um espumante murganheira reserva doce para fazer as honras da casa, que se faz acompanhar de uma seleção de pães do dia, manteiga e azeite. Seguiu-se um vinho branco: Encruzado 2018. Escolhido pela sommelier residente, preparou assim a chegada dos maravilhosos croquetes de rabo de boi, que se apresentaram com carne desfiada e divinais. Arriscaria dizer: os melhores de sempre (palavra dele, que nem é grande apreciador de croquetes). Seguiram-se as vieiras braseadas com espargos verdes, cogumelos e bacon crocante e o
carabineiro frito ao alho e malagueta, refrescado com citrinos
. Tudo de uma categoria inigualável até então! Comida de extrema qualidade e de nos fazer salivar com o que ainda estará para vir.


As estrelas da noite foram o bacalhau à Minhota com Bellota 5J e o arroz de lavagante, que se fizeram acompanhar com um vinho tinto: Papa Figos 2017. Que experiência indescritível! Os nossos olhos já brilhavam e os nossos corações (e estômagos) já estavam bem cheios, mas faltava a cereja no topo do bolo. 

 E assim foi: terminámos em beleza, fechando assim esta verdadeira experiência com um show do crepe Suzette (podem ter um cheirinho do mesmo no vídeo abaixo), que se fez acompanhar ainda de uma mousse de chocolate com caramelo salgado que nos conta uma história, já que cada pedaço de chocolate tem um sabor diferente. Com estas sobremesas de comer e chorar por mais, a sommelier aconselhou um vinho do Porto Tawny e um Moscatel de Setúbal (Bacalhoa).
 
E como se não nos tivessem já feito sentir especiais o suficiente, para a nossa mesa vieram ainda umas trufas e uns miminhos para levar para casa. Só para garantir que os levávamos no coração para todo o sempre: e não é que levámos mesmo? 

Ora vejam lá, que sentimentos e emoções é que estas fotografias despertam em vocês, em plena véspera de Natal. E deixem o amor pela gastronomia que se sente no Pabe entrar pelas vossas casas adentro:








Crepe Suzette

Vamos viver uma experiência para a vida toda?

Feliz Natal, minha gente!

PABE

Morada: Rua Duque de Palmela, 27
Marquês de Pombal, Lisboa

Pabe Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Já me segues nas redes sociais?

Instagram | Facebook | Pinterest

4 comentários

  1. Öppettiderna indikeras på ett "digitalt" sätt med fake rolex en indikatorhand placerad klockan 9 på urtavlan med en timmarkeringsring som roterar runt urtavlan. Släktet försöker främja läsbarheten genom att fake omega göra indikatorhänderna alla röda, vilket hjälper. Det är fake breitling inte så illa att läsa tiden när du tränar ögonen var du ska titta. Serpentinhanden är mestadels kosmetisk för effekt, men fake tag heuer den hjälper till att främja mer "dial-animation", verkligen en önskvärd sak.

    ResponderEliminar
  2. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Porque sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos 😘 !!

    Meu Blog: Apostando na Loteria

    ResponderEliminar
  3. Voltamos com gratidão por todos vós, desejando um óptimo 2020. Para poder chegar a todos, hoje, numa breve visita. Bem hajam por não nos terem abandonado.

    Hoje : A fé de voltar...

    Bjos
    Votos de uma óptima Terça - Feira.

    ResponderEliminar
  4. É de lamber os beiços. Feliz Natal atrasado.

    O blog está em Hiatus de verão, mas comentaremos nos blogs amigos esse período.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar

‎Copyright © Kéké 2017. Com tecnologia do Blogger.

Instagram